11 outubro 2015

[Resenha] Neve na Primavera - Sarah Jio

Sinopse - Seattle, 1933. Vera Ray dá um beijo no pequeno Daniel e, mesmo contrariada, sai para trabalhar. Ela odeia o turno da noite, mas o emprego de camareira no hotel garante o sustento de seu filho. Na manhã seguinte, o dia 2 de maio, uma nevasca desaba sobre a cidade. Vera se apressa para chegar em casa antes de Daniel acordar, mas encontra vazia a cama do menino. O ursinho de pelúcia está jogado na rua, esquecido sobre a neve. Na Seattle do nosso tempo, a repórter Claire Aldridge é despertada por uma tempestade de neve fora de época. O dia é 2 de maio. Designada para escrever sobre esse fenômeno, que acontece pela segunda vez em setenta anos, Claire se interessa pelo caso do desaparecimento de Daniel Ray, que permanece sem solução, e promete a si mesma chegar à verdade. Ela descobrirá, também, que está mais próxima de Vera do que imaginava.

Duas histórias com mais de setenta anos de distância entre si. Duas mulheres que viveram a dor e a perda em suas vidas. Um misterioso sequestro. Um livro de tirar o fôlego!

Esse é "Neve na Primavera" da autora Sarah Jio, publicado no Brasil pela Editora Novo Conceito.

Vera era uma mãe solteira que trabalhava como camareira em um hotel para sustentar seu filho Daniel. Apesar de não gostar do turno noturno, a remuneração era melhor e assim poderia passar um tempo com o menino. Um dia, ela sai para trabalhar à noite e ao retornar para casa, seu filho está desaparecido. 

Claire é uma repórter que por conta de problemas na sua vida social está passando por mudanças. 


''... Às vezes sinto como se meu coração fosse explodir.
- Então, deixe explodir - ele disse, alisando meu cabelo como meu pai costumava fazer quando eu era uma menininha. - Você tem carregado esse fardo há muito tempo. Liberte-o. Libere tudo, querida.
Fechei os olhos, deixando as lembranças verterem como um deslizamento, destruindo o mundinho inflexível que eu havia criado para mim mesma, a blindagem emocional que me protegia de sentir a dor do passado, Fechei os olhos. E me lembrei.''

Por conta da nevasca inesperada, ela foi incumbida de escrever uma matéria sobre o fenômeno e ao realizar uma pesquisa, descobre a história de Vera e Daniel. Decidida, ela começa a investigar o sequestro do garoto e procurar a verdade após todo esse tempo.




0 comentários:

Postar um comentário

Ficamos muito felizes quando você comenta e nos faz saber no que erramos e acertamos. Comente! Isso é muito importante.

 
| Floreios e Borrões | Copyright © 2014 | Código by Ipietoon | Design Marcelle Dantas |