02 abril 2014

[Resenha] Noite de Tempestade - John Sandford

Sinopse - "Numa noite quente em Minnesota, o investigador Virgil Flowers está na cama com uma de suas ex-mulheres quando recebe uma ligação do chefe. Um corpo foi encontrado em Stillwater e tudo leva a crer que se trata de mais uma vítima de uma série de assassinatos. Para evitar que o número de mortos aumente, Virgil precisa agir o quanto antes. Ao chegar à cena do crime, ele fica intrigado: o assassino se dera o trabalho de enfiar um limão na boca do morto. Logo o investigador descobre que pelotões vietnamitas faziam isso com seus prisioneiros para que eles não falassem durante a execução. Seguindo essa pista, Virgil vai atrás da solução para esse mistério. Quanto mais é pressionado, mais se envolve na investigação e precisa expandir sua rede de contatos. Ele vai contar com a ajuda de Mead Sinclair, um radical professor pró-Vietnã, e de Mai, sua atraente filha, mais interessada no detetive do que no caso. Com sua escrita ágil e empolgante e personagens surpreendentes, John Sandford prende o leitor como poucos autores sabem fazer nesse segundo livro da série do investigador "Virgil Flowers"". 


Minha opinião - "Noite de Tempestade" é o segundo livro da série Virgil Flowers. O interessante dessa série é que o leitor não precisa ler os livros na ordem, pois as histórias são independentes e alguns detalhes (como a biografia do Virgil) são contados novamente no livro seguinte.

A ideia do enredo de "Noite de Tempestade" é ótima, pois liga crimes onde as vítimas são encontradas com um limão na boca e em frente à monumentos de soldados à um passado sombrio de um grupo de determinadas pessoas que inicialmente parecem não ter relação. Infelizmente a ideia poderia ter sido melhor desenvolvida.

A história se passa em Stillubter, Minnesota e é narrada em terceira pessoa, com capítulos rápidos e dinâmicos. Como no livro anterior, o leitor tem a visão da investigação, mas também do criminoso.

A primeira vítima, Chuck Utecht, foi assassinada em New Ulm. A partir das impressões preliminares levanta-se a possibilidade do atirador ser profissional. Utecht, Sanderson, Bunton, Wigge. O que esse grupo de homens poderia ter em comum.

Um dos pontos interessantes do livro é que o leitor conhece um pouco mais a vida pessoal do Virgil: temos uma breve apresentação dos seus pais e de sua segunda ex-esposa Janey Small.

O livro também desenvolve um pouco mais a história da equipe com quem Virgil trabalha: Shake, Jenkins e seu chefe Lucas Davenport, além de apresentar o chefe de polícia de Stillwater Tom matson, Darry Cunnigham, o subxerife do condado de Washington e Jim Brand, principal assistente do xerife... e uma certa repórter espertinha Daisy Jones.

Com diálogos inteligentes e sarcásticos, uma postura próxima um pouco machista, suas camisetas de bandas antigas e muitos erros e acertos, Virgil comanda mais uma investigação importante, que traz revelações impensáveis.

Como o livro anterior o leitor tem a impressão de que as investigações são no estilo menos regradas, dando a impressão de que o protagonista é um pouco caubói e cria as suas próprias regras.

Uma história interessante, com personagens intrigantes e um final inesperado.

Em relação à revisão, diagramação e layout a editora realizou um ótimo trabalho. Foram encontrados uns dois errinhos de digitação, mas nada que interferisse na leitura. A capa não é muito atrativa.

"Quando os vietnamitas executam um prisioneiro... um prisioneiro político ou mesmo um assassino... eles o sufocam enfiando um limão na boca. Prendem com uma fita adesiva. Isso impede que eles falem enquanto estão andando até o paredão". (p. 47)

1 comentários:

  1. Não li ainda nada do autor, é uma vergonha pois me lembro quando a editora lançou o primeiro liro e já fiquei maluca logo na capa.
    Amei a resenha, me deixou animada para uma futura leitura.
    Beijos
    Vivi
    RR

    ResponderExcluir

Ficamos muito felizes quando você comenta e nos faz saber no que erramos e acertamos. Comente! Isso é muito importante.

 
| Floreios e Borrões | Copyright © 2014 | Código by Ipietoon | Design Marcelle Dantas |