28 abril 2014

[Resenha] Menino de Ouro - Abigail Tarttelin


A família de Max não permitiria nenhum desvio na imagem perfeita que havia construído. Karen, a mãe, é uma advogada renomada, determinada a manter a fachada de boa mãe, esposa e profissional. Steve, o pai, é o exemplo do chefe de família presente em sua comunidade, favorito a um importante cargo público. O ponto fora da curva é Daniel, o caçula, que, para os padrões da família Walker, é “estranho”: não é carinhoso, inteligente ou perfeito como Max. Melhor aluno da escola, capitão do time de futebol, atlético, simpático, sucesso entre as garotas: Max, o primogênito, é o menino de ouro. Ninguém poderia dizer que sua vida não é perfeitamente normal. Ninguém poderia dizer que Max esconde um segredo. 




"Menino de Ouro" foi escrito pela britânica Abigail Tarttelin e publicado em terras brasileiras pela Editora Globo.

“Eu o observo. Max Walker, menino de ouro, inteligente, sexy, engraçado, doce, sorridente, solitário, legal, popular, gentil, divertido, ótimo namorado, beija muito bem, uma pessoa estranha com um segredo.” (Trecho Pg 276)

O livro conta a história Max Walker, um garoto popular na escola, amado por todos e que esconde um grande segredo. Poucas pessoas sabem do segredo de Max e ele achava que podia confiar em todas elas, mas quando seu melhor amigo faz algo que o fere, não só fisicamente, mas também emocionalmente, Max percebe que seu segredo pode ser revelado a qualquer momento.

Não posso dizer qual é o segredo do Max, por que seria uma grande spoiler, mas posso, com certeza, afirmar que ele sofre muito com isso, e não poder dividir com alguém o faz se sentir cada vez mais sozinho naquela situação embaraçosa que se torna sua vida.

O livro tem seus capítulos intercalados entre seis personagens. Assim, o leitor consegue entender melhor os sentimentos de cada um deles com relação ao segredo de Max Walker. Uma das personagens que tomam conhecimento do segredo é Sylvie Clark, e ela foi uma das que mais gostei no livro, Sylvie é meio maluquinha, mas da pra perceber, nitidamente, que ela gosta do Max de verdade.

“Contei para ela. Ela sabe. O selo do meu segredo foi arrancado. Sylvie sabe e se afasta, em pé, lutando para dizer qualquer coisa, e vai contar para as pessoas. Ele vai contar para as pessoas da escola sobre mim e todo mundo vai saber. Todo mundo vai saber. Todos os dias em que eu estiver lá, todo mundo vai saber e me olhar de maneira diferente e falar de mim.” (Trecho Pg 269)

Os pais de Max são grandes advogados e Steve, o pai, está concorrendo a um cargo público importantíssimo, e o segredo, e todos os problemas que vêm com ele, podem arruinar sua candidatura. Percebi que a Karen, mãe do Max, oscilava muito entre uma mulher boa e compreensiva e uma mulher fria agindo, em certos momentos, sem pensar nas conseqüências, sempre querendo tomar as decisões de tudo o tempo todo. Daniel, o irmão mais novo de Max, também é um personagem legal, um garoto muito inteligente para sua idade e grande fã de vídeo games.

Esse livro meche muito com o leitor, toda a trama foi muito bem construída e deu para perceber que a autora se aprofundou muito em pesquisas para poder deixar tudo muito bem explicado sobre o segredo de Max. Um livro altamente recomendado. Um livro que vai te fazer rir, chorar e, acima de tudo, dar valor para quem você é sem se importar com o que os outros vão dizer.

“Sou um observador passivo da dor á sua volta. Sou o fusível da bomba. Nem sequer me acendo. Tampouco escolho quando apagar. Eu não explodo. Eu sou apenas eu.” (trecho Pg 317)

“Se você ama alguém, você ama e ponto. Não importa de onde veio ou se é um menino ou menina, ou se você luta, ou se ele é esquisito, ou se ele tem dificuldade para se comunicar com você. Você só o ama, porra!” (Trecho Pg 301)

Max Walker tem uma vida perfeita... Max Walker tem um segredo...


Nenhuma parte dessa resenha pode ser copiada sem prévia autorização dos responsáveis pelo blog Floreios e Borrões.

4 comentários:

  1. Esse é um livro que estou há um bom tempo com vontade de ler. Não sei o segredo do Max mas por todas as resenhas que já li tenho uma ideia... Amo livros onde o autor se esmera para nos dar uma história embasada e bem construída. Adorei sua resenha e grifei na lista de compras para me apressar na leitura de Menino de ouro.
    Beijão
    Viviane
    Razão e Resenhas

    ResponderExcluir
  2. Oiiii!
    Eu nunca tinha lido nada relacionado a esse livro, e devo confessar que fiquei MUITO curiosa. Que maldito serredo é esse? Correndo atrás de maiores informações.

    Beijão!

    ResponderExcluir
  3. Oie :)
    Essa é a primeira resenha desse livro que leio e confesso que fiquei curiosa e com muita vontade de ler esse livro!
    Fiquei super CURIOSA para saber o segredo do Max!!!!
    Amei a resenha ♥
    Beijos
    http://cupcakedeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Nossa! Adorei a premissa do livro. Nunca tinha sequer lido nada a seu respeito. Vou adicioná-lo a minha lista de desejados agora mesmo.
    Bjs!

    Zilda Peixoto
    http://www.cacholaliteraria.com.br

    ResponderExcluir

Ficamos muito felizes quando você comenta e nos faz saber no que erramos e acertamos. Comente! Isso é muito importante.

 
| Floreios e Borrões | Copyright © 2014 | Código by Ipietoon | Design Marcelle Dantas |