01 junho 2013

Resenha: "Simplesmente Ana" - Marina Carvalho

Título: Simplesmente Ana

Editora: Novo Conceito

Autora: Marina Carvalho

N° de Páginas: 301



Sinopse - "Imagine que você descobre que seu pai é um rei. Isso mesmo, um rei de verdade em um país no sudeste da Europa. E o rei quer levá-la com ele para assumir seu verdadeiro lugar de herdeira e futura rainha… Foi o que aconteceu com Ana. Pega de surpresa pela informação de sua origem real, Ana agora vai ter que decidir entre ficar no Brasil ou mudar-se para Krósvia e viver em um país distante tendo como companhia somente o pai, os criados e o insuportável Alex. Mudar-se para Krósvia pode ser tentador — deve ser ótimo viver em um lugar como aquele e, quem sabe, vir a tornar-se rainha —, mas ela sabe que não pode contar com o pai o tempo todo, afinal ele é um rei bastante ocupado. E sabe também que Alex, o rapaz que é praticamente seu tutor em Krósvia, não fará nenhuma gentileza para que ela se sinta melhor naquele país estrangeiro. A não ser… A não ser que Alex não seja esta pessoa tão irascível e que príncipes encantados existam. Simplesmente Ana é assim: um livro divertido, capaz de nos fazer sonhar, mas que — ao mesmo tempo — nos lembra das provas que temos que passar para chegar à vida adulta".



Minha opinião - Quando comecei a ler a sinopse de "Simplesmente Ana" foi impossível não compará-la com "O diário da princesa". Apesar da trama principal ser muito semelhante, a autora Marina Carvalho elaborou detalhes que tornou a história de Ana, a princesa brasileira, um personagem delicado e cativante.

Ana é uma jovem que passou a sua vida inteira acreditando que o seu pai (Andrej Markov) havia abandonado sua mãe (Olívia) grávida, na Inglaterra. Mas, talvez a história não tenha acontecido bem assim....

A verdade é que o seu pai  é o rei de Krósvia, e assim que descobriu que era pai, entrou em contato com  Ana e pediu para que ela conhecesse ele e a Krósvia. Indecisa sobre a decisão, mas ao mesmo tempo curiosa, Ana terá muito o que pensar. Estela, sua melhor amiga e um pouco maluca é quem acaba resumindo bem a situação da Ana:

- "Não seja dramática. Você tem que ir porque é a outra metade da sua história. Ser mineira, de BH, estudante de Direito e apaixonada pelo abestalhado do Artur é fácil. Você tira de letra. Só que você não é só isso e precisa descobrir como é ser de outro jeito, mesmo que depois prefira a forma antiga". (p. 17)

A partir do momento em que decide conhecer Krósvia, a vida da protagonista não será mais a mesma. Talvez um certo rapaz também tenha algo a ver com isso.  Alexander é o enteado de Andrej e no início do livro mostra-se bem insuportável. Para a infelicidade de Ana, mesmo ele sendo insuportável, continua lindo demais. E é claro a infelicidade tem que vir acompanhada da desgraça, e para a nossa protagonista, a  "Nome de cachorro" irá causar muitos problemas para Ana.

Com personagens intrigantes e cenários espetaculares a autora conseguiu montar uma história maravilhosa, que impossibilita o leitor de largar o livro até chegar ao final.

Em relação ao layout, diagramação e revisão a editora está de parabéns. Encontrei alguns errinhos de digitação, mas não atrapalhou em nada a leitura. A capa está fenomenal e me cativou desde o primeiro instante em que a vi.

Espero que tenham gostado da resenha.

Beijos.

Carol

Compre agora seu exemplar: Saraiva - Submarino - Americanas

1 comentários:

  1. Eu acho essa capa muito bonita e por amar histórias de princesa, estou querendo muito o livro!
    Estou muito curiosa para conhecer o reino da Ana!!

    ResponderExcluir

Ficamos muito felizes quando você comenta e nos faz saber no que erramos e acertamos. Comente! Isso é muito importante.

 
| Floreios e Borrões | Copyright © 2014 | Código by Ipietoon | Design Marcelle Dantas |