10 abril 2013

Resenha: Legend - Livro 1 - Marie Lu



Sinopse - Ambientado na cidade de Los Angeles em 2130 D.C., na atual República da América, conta a história de um rapaz – o criminoso mais procurado do país – e de uma jovem – a pupila mais promissora da República –, cujos caminhos se cruzam quando o irmão desta é assassinado e a ela cabe a tarefa de capturar o responsável pelo crime. No entanto, a verdade que os dois desvendarão se tornará uma lenda. O que outrora foi o oeste dos Estados Unidos é agora o lar da República, uma nação eternamente em guerra com seus vizinhos. Nascida em uma família de elite em um dos mais ricos setores da República, June é uma garota prodígio de 15 anos que está sendo preparada para o sucesso nos mais altos círculos militares da República. Nascido nas favelas, Day, de 15 anos, é o criminoso mais procurado do país; porém, suas motivações parecem não ser tão mal-intencionadas assim. De mundos diferentes, June e Day não têm motivos para se cruzarem – até o dia em que o irmão de June, Metias, é assassinado e Day se torna o principal suspeito. Preso num grande jogo de gato e rato, Day luta pela sobrevivência da sua família, enquanto June procura vingar a morte de Metias. Mas, em uma chocante reviravolta, os dois descobrem a verdade sobre o que realmente os uniu e sobre até onde seu país irá para manter seus segredos.



Minha opinião -  Simplesmente adorei o livro. Dessa vez, a autora acertou em focar a trama mais na ação e menos no romance. Temos romance no livro? Sim, mas ele não é o foco principal. 
Logo no início do livro, ficamos sabendo que os jovens passam por uma prova, que irá decidir o seu futuro:


"Se você marca entre 1450 e 1499 pontos, pode se dar um tapinha nas costas, porque vai ter acesso instantâneo a seis anos de ensino médio e depois a quatro anos nas melhores universidades da República: Drake, Stanford e Brenan. Depois o Congresso o contrata e você ganha uma fortuna. Em seguida você vai ter muita alegria e felicidade. Pelo menos, de acordo com a República.
Se você consegue uma boa marcação, entre 1250 e 1449 pontos, frequenta o ensino médio, e em seguida o enviam para uma faculdade. Nada mau.
Se você só consegue marcar entre 1000 e 1249 pontos, o Congresso o impede de frequentar o ensino médio, e você passa a fazer parte dos pobres, como a minha família. Você provavelmente vai se afogar enquanto estiver trabalhando nas turbinas de água, ou morrerá sufocado pelo vapor das centrais elétricas. Você é reprovado". (pág 15)

Day é como um Hobin Hood, rouba dos ricos para ajudar os pobres, mas não se une a nenhuma causa, trabalha sempre sozinho, com exceção de Tess, uma jovem que vivia sozinha.
Em uma de suas ações, ele fica frente a frente com Metias, irmão de June, que acaba morto. Todos os fatos indicam que Day foi o assassino, mas será que foi isso mesmo que aconteceu?

June é uma jovem super dotada que fez os 1500 pontos na prova (a pontuação máxima). Inteligente, sagaz e defensora férrea da República, tem seu mundo despedaçado ao perder a única família, seu irmão Metias. Jurando justiça/vingança, June vai atrás de Day. E quando começa a perseguir o inimigo número #1 da República, vai descobrir que os ideais que tanto defende não são totalmente justos.
O livro é repleto de ação, e os capítulos alternam entre Day e June. Apesar de terem origens totalmente opostas, os dois são bem parecidos em valores e no modo de agir. 
Quanto a revisão, o layout e a diagramação, a editora está de parabéns pelo trabalho feito. Os detalhes internos no livro dão um ar convincente a essa trama distópica.
Uma ótima dica de uma leitura dinâmica.
Espero que tenham gostado da resenha.
Beijos
Carol

2 comentários:

  1. Caramba, eu quero muito ler esse livro! Muita gente falou dele, mas eu não tinha lido nenhuma resenha. Com certeza eu o compro agora! *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carolina Durães13/04/2013 10:54

      Oi NikaSanc, tudo bem?
      Fique de olho nas grandes lojas virtuais. Eu o adquiri em uma promoção muito boa.
      Espero que se divirta tanto quanto eu.
      Obrigada pelo comentário.
      Beijos

      Excluir

Ficamos muito felizes quando você comenta e nos faz saber no que erramos e acertamos. Comente! Isso é muito importante.

 
| Floreios e Borrões | Copyright © 2014 | Código by Ipietoon | Design Marcelle Dantas |