23 fevereiro 2013

Resenha: A Vida em Tons de Cinza - Ruta Sepetys (by Alef Dalle Piagge)


1941. A União Soviética anexa os países bálticos. Desde então, a história de horror vivida por aqueles povos raras vezes foi contada. Aos 15 anos, Lina Vilkas vê seu sonho de estudar artes e sua liberdade serem brutalmente ceifados. Filha de um professor universitário lituano, ela é deportada com a mãe e o irmão para um campo de trabalho forçado na Sibéria. Lá, passam fome, enfrentam doenças, são humilhados e violentados. Mas a família de Lina se mostra mais forte do que tudo isso. Sua mãe, que sabe falar russo, se revela uma grande líder, sempre demonstrando uma infinita compaixão por todos e conseguindo fazer com que as pessoas trabalhem em equipe. No entanto, aquele ainda não seria seu destino final. Mais tarde, Lina e sua família, assim como muitas outras pessoas com quem estabeleceram laços estreitos, são mandadas, literalmente, para o fim do mundo: um lugar perdido no Círculo Polar Ártico, onde o frio é implacável, a noite dura 180 dias e o amor e a esperança talvez não sejam suficientes para mantê-los vivos. A vida em tons de cinza conta, a partir da visão de poucos personagens, a dura realidade enfrentada por milhões de pessoas durante o domínio de Stalin. Ruta Sepetys revela a história de um povo que foi anulado e que, por 50 anos, teve que se manter em silêncio, sob a ameaça de terríveis represálias. 



"Eu detestava todos eles: a NKVD e os soviéticos. Plantei uma semente de ódio em meu coração. Jurei que quando a semente crescesse se transformaria em uma imensa árvore cujas raízes iriam estrangular toda aquela gente". Página 46

Fazia muito tempo que eu não lia um livro bom, "A Vida em Tons de Cinza" conseguiu tirar aquelo bloqueio em que a minha mente insistia em permanecer.

Eu acho que já devo ter dito que temas históricos me atraem muito, principalmente os que falam de guerra e todas aquelas atrocidades que os ditadores faziam as pessoas passarem. É tudo muito ruim, mas eu acho que é interessante nós termos ciência dos crimes que eram cometidos contra eles.

"A Vida em Tons de Cinza" conta a história de Lina Vilkas uma lituana que durante a noite de 14 de junho de 1941 é enviada pela NKVD, a polícia secreta soviética, para um gulag na Sibéria. A viagem até lá não é nem um pouco confortável, eles vivem em um verdadeiro regime de escravidão.

Lina tenta deixar rastros em forma de desenho para seu pai, ela acha que ele é o único que pode reconhecer a forma que ela desenha. Os desenhos são perfeitos e fazem, em várias partes do livro, com que ela tente retratar todas as ações desumanas que ela, sua mãe e seu irmão sofrem.

É um livro surpreendente, com um fim muito bom. Recomendo, é claro!

O que outros blogueiros acharam:

"Agora eu te pergunto, você sobreviveria a tudo isso, a toda essa humilhação, as condições subumanas,você sobreviveria ao exílio de tudo aquilo que considera o mínimo do normal para viver?" - Viviane Blood - Razão e Resenhas.

"A Vida em Tons de Cinza é uma outra parte do nazismo. Uma que eu ainda não conhecia tão bem quanto a de Hitler. Ainda não havia lido muita coisa à respeito das barbáries de Stalin, mas fiquei assustada com tanta violência, com tantos atos inúteis e sem coração... Lituânia, Letônia e Estônia. Três países relativamente pequenos, mas que sofreram extremamente nas mãos desse terrorista." - Amanda Cristina - Primeiro Livro

18 comentários:

  1. Carolina Durães23/02/2013 20:13

    Boa noite Alef, tudo bem?
    Você comentou tanto do livro comigo que eu vim correndo ler a sua resenha rs.
    Primeiramente, parabéns pela resenha, amei. O tema do livro é forte, e eu tenho certeza absoluta de que vou chorar ao ler.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, eu falei muito desse livro com você...rs O tema do livro é forte mesmo, mas tenho certeza que vc vai gostar.

      Abraços

      Excluir
  2. Nossa, eu amo esse livro. Amo, amo, amo, amo. Não poderia recomendar mais a leitura, ele é lindo, emocionante, motivador... envolvente da primeira à última página. Parabéns pela escolha de livro para resenha :]

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente é uma história muito emocionante e motivador....

      obrigado pela visita...

      Abraços

      Excluir
  3. Gosto da capa desse livro, mas não tenho certeza se eu gostaria da história. Parece interessante, mas, mesmo assim, tenho o "pé atrás".
    Parabéns pela resenha! ;)
    Beijos, NikaSanc
    http://nikasanc.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu adorei a capa, também.. e aquele trecho que postei no inicio da resenha tem bastante a ver com a capa....

      Abraços

      Excluir
  4. Já tinha visto esse livro algumas vezes, mas nunca tinha parado para ler a sinopse (na verdade eu raramente leio sinopses, prefiro deixar os livros me surpreenderem), mas agora que o fiz eu definitivamente preciso afirmar que preciso deste livro o quanto antes (uma pena que eu esteja proibido de comprar livros fora da lista de exceções), mas ele de fato aborda alguns dos aspectos que eu mais gosto numa obra. Parabéns pela resenha e obrigado pela dica. Lerei, não sei quando, mas lerei.

    Assim me despeço com a promessa de voltar.
    E como há braços, abraços.
    Caleb Henrique - Viajante Literário

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal, Caleb, eu tenho certeza que você vai gostar....

      Abraços

      Excluir
  5. Ah, cara! Amei a sinopse e a sua resenha, Alef! Amo livros assim desde criança - Meu pai nunca gostou de ler, livros históricos eram as únicas coisas que ele lia para mim antes de dormir, haha - Nunca li nada sobre soviéticos e tals, mas a história é muuuuito interessante! Pode ter certeza que esse livro vai entrar na minha must read!!

    Öpücük
    Pim

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi, legal, eu acho que você vai gostar desse...leia!

      Abraços

      Excluir
  6. Livro interessante, gostei da resenha Alef, parabéns.

    paranoiadasideias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Adorei a resenha, já entrou na minha lista de futuras aquisições, mas também, ler suas resenhas e ter certeza que vamos nos apaixonar pelo livro..

    Parabéns

    ResponderExcluir
  8. Eu já li esse livro e ele é daqueles que nos prendem totalmente. A gente se comove de verdade pelo sofrimento das pessoas e lá no fundo acaba acreditando que realmente existiram todos aqueles personagens... Como a autora entrevistou alguns sobreviventes, então não tenho dívidas de que algo foi acrescentado na história. Muito chocante, carregado de muito sentimento. Também indico esse livro!! Ótima resenha, Alef! :)

    ResponderExcluir
  9. Caramba... tipo... CARAMBA mesmo, a resenha não só está mto boa, como também me atraiu... Sou mto chato quando se trata de livros ambientados durante a 2ª guerra, mas este fez com que eu o desejasse... Acaba de entrar para as minhas aquisições de 2013. Parabéns pela resenha Alef, está muito bem escrita.

    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  10. Parece-me um livro forte e se ele tirou seu bloqueio é uma boa dica para leitores como eu, realmente há livros que bloqueiam as leituras do nosso mês e é triste não terminar e gostar deles, como amamos outros. Gosto de livros que mesmo históricos tenham uma leitura leve que vá nos prendendo e queiramos saber o que houve. O menino de pijama listrado e Olga foram exemplos disso pra mim, espero ter a oportunidade de conhecer essa obra.

    Beijokas elis - A Magia Real - http://amagiareal.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Olá querido, como vai?
    Bom, adorei a sua resenha e me deixou bem interessada em ler o livro, apesar de não gostar de livros de guerra e coisas do tipo.
    Indico pra sua leitura o livro 'Apátrida' da escritora brasileira Ana Paula Bergamasco, é o melhor livro que li na minha vida e trata justamente sobre GUERRA rs (:

    Marinah | www.marinahgattuso.blogspot.com ♥

    ResponderExcluir
  12. Olá Alef.

    Quero muito ler este livro. Tinha anotado o nome após ter lido a sinopse no submarino e agora com sua resenha me interessei ainda mais. Muito boa a resenha. Mais um para minha listinha de compras...haha
    Bjos
    Lu
    http://vergostarler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Ficamos muito felizes quando você comenta e nos faz saber no que erramos e acertamos. Comente! Isso é muito importante.

 
| Floreios e Borrões | Copyright © 2014 | Código by Ipietoon | Design Marcelle Dantas |