26 dezembro 2012

Resenha: ”Os Olhos do Cão Siberiano” – Antonio Santa Ana – Dimensão 2.012 (by Alef Dalle Piagge)



Nesta comovente história, Antonio Santa Ana não teme pôr o dedo na ferida: mostra como o preconceito e a intolerância, tão claramente impiedosos no repúdio a algumas doenças, podem estar apenas disfarçados em atitudes cotidianas de rejeição a certos tipos de música, de esportes, de ambientes... E mostra, principalmente, como o afeto e a arte podem transformar relações marcadas pelo autoritarismo.







Fazia muito tempo que eu não recebia nada da Editora Dimensão, a linha editorial deles é mais voltada para os didáticos e literatura infanto-juvenil, então é raro o lançamento de um livro que seja mais YA, “Os Olhos do Cão Siberiano” é classificado como infanto-juvenil, mas o livro transmite uma lição tão linda que qualquer um vai gostar, seja criança ou adulto, todos vão se interessar e parar pra pensar.

O livro fala de uma forma leve e muito fácil de ler, sobre o HIV, quando um garoto descobre que seu irmão mais velho tem AIDS seu mundo desaba, ele não sabe o que fazer, não sabe como agir perto de seu irmão e muito menos se deve continuar perto dele.
“Outra vez ouve um silêncio longo, e desta vez eu o rompi.
 - Por que os velhos estão tão zangados com você? – perguntei rapidamente e quase sem respirar.
- Por que tenho AIDS – respondeu.” (trecho página 24) 
 Houve momentos em que eu quis entrar no livro e bater no pai deles, ele foi simplesmente o pior que um pai pode ser quando um filho mais precisa. Afastou-se e o colocou pra fora de casa, largado a própria sorte em uma época em que o HIV era motivo de morte.

Mas o irmão e a avó, ao invés de abandonarem ele, permaneceram firmes e, mesmo com todas as pedras que o pai deles colocava no caminho.

Os personagens desse livro são tão intensos, tão adoráveis, eles não deixam você parar de ler. Esse é um bom exemplo de que os livros latino-americanos podem ser tão bons quanto os norte-americanos ou europeus.

Leitura indicada pra quem quer algo leve e rápido.

16 comentários:

  1. Carolina Durães27/12/2012 14:13

    Oi Alef, tudo bem?
    Nossa, amei a sua resenha! Fiquei impressionada com o livro..... vou querer emprestado para ler, hein?
    Parabéns pela resenha!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você gostou, Carol. Pode deixar, eu te empresto, sim.

      Obrigado por fazer parte da Família F&B.

      Abraços

      Excluir
  2. Nossa não conhecia a editora e nem o livro, fiquei impressionada com o trecho que vc colocou do livro... ai ai ai mais um que vai para minha lista imensa..

    adorei sua resenha

    bjsssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você quiser saber mais sobre os livros da Dimensão acesse o link aqui do lado, é só clicar no logo deles que você será redirecionada para o site. Fico feliz por ter gostado da resenha, e passe esse na frente de qualquer outro livro, vale a pena.

      Abraços

      Excluir
  3. Parece ser muito bom, especialmente sobre um tema desse. Espero ler algum dia. Parabéns, gostei. :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não só parece, ele é MARAVILHOSO. Leia, sim, e me diga o que achou...

      Abraços

      Excluir
  4. Impressionado aqui, e indignado com o pai do garoto tbm... mesmo sem ler o livro ja quero entrar nas paginas e dar uns cascudos nele... hehehe.... parece intensa a historia, e isso me faz querer ler ainda mais... nao conhecia esse titulo, mas ja anotado para meta 2013.

    Atenciosamente,
    Me.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Wender.

      Eu também fiquei muito chateado com o pai dele, mas tiveram pessoas que cobriram essa falta de amor que o pai se achava incapaz de dar.

      Abraços

      Excluir
  5. Oi Alef
    parabéns pela resenha
    adorei pela resenha principalmente que através dela, voce nos mostra que essa leitura nos faz nos entregar a história
    parabéns, beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Pri, tudo bem ?

      Sim, esse livro realmente nos faz viajar muito, eu adorei e tenho certeza que você também vai gostar.

      Abraços

      Excluir
  6. Ainda não conhecia esse livro mas seu nome não me é estranho ^^
    A estória parece ser bem interessante e boa pra quem pensa em relaxar dos livros sobrenaturais :)

    Abraços.
    Guilherme - Um compulsivo leitor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, você vai amar, eu tenho certeza.

      Abraços

      Excluir
  7. Oi !
    Gostei da resenha e não conhecia o livro.
    Vou procurar saber mais.

    Abraços,
    Marinah

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal, é um livro ótimo, mesmo.

      Abraços....


      Excluir
  8. Olá Alef, como vai?

    Agradeço sua visita!
    Adoro suas resenhas e estava procurando um livro que não fosse norte-americano ou europeu para ler. Achei muito interessante e já esta na minha lista.

    Bjos

    Luciana

    http://vergostarler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lu,

      Esse é um bom livro, eu acho que um dos melhores que li ultimamente.

      Recomendo...

      Abraços

      Excluir

Ficamos muito felizes quando você comenta e nos faz saber no que erramos e acertamos. Comente! Isso é muito importante.

 
| Floreios e Borrões | Copyright © 2014 | Código by Ipietoon | Design Marcelle Dantas |