14 agosto 2012

Bem Mais Perto - So Much Closer - Susane Colasanti (by Carolina Durães)





Sinopse
Acordando para uma vida nova - "Quando Brooke descobre que o amor de sua vida, Scott Abrams, está se mudando do subúrbio de New Jersey para Nova York, ela decide segui-lo até lá. Viver com o pai ausente e se adaptar a uma escola totalmente nova são desafiantes para ela — e as coisas ficam ainda piores quando ela descobre que Scott já tem uma namorada. Mas como ela aprende a sobreviver na cidade grande, começa a descobrir todo um novo lado de si mesma e percebe que, às vezes, o amor pode te encontrar mesmo quando você não está olhando para ele".
 








Minha opinião - Quando vi a resenha do livro, imediatamente veio a minha cabeça aquela série "Felicity" onde a garota se muda para NY atrás do Ben. Alguém lembra dessa série? Quem já assistiu a série vai perceber as semelhanças. É claro que no livro da Susane Colasanti, a personagem principal tem características próprias.
Quando vai atrás do Scott, Brooke está entrando no último ano do colegial, e tem um segredinho, bom que não é tão secreto (mas nem por isso vou contar, vocês terão que ler o livro). Brooke é filha de pais divorciados, que sofreram uma separação nada amigável. Não se dá muito bem com a mãe, que ainda se ressente do pai, e o pai é uma figura ausente. Tem duas amigas: April e Candice. Quando vai para NY atrás do Scoot, acaba indo morar com o pai, que não via há algum tempo. Em NY, ela faz amizade com dois personagens cut cut: Sadie (que gentilmente me apresentou o "warm fuzzies") e o John. Sadie é um amor, e John, na minha opinião, é um gênio incompreendido.
Como todo livro em que os personagens centrais são adolescentes, temos nesse aqui também os "momentos de imaturidade", que é como eu chamo quando algum personagem age de modo estúpido rs. Bom, na minha opinião, para começar, mudar-se de cidade por um garoto que nem sabe da sua existência é imaturidade com "I" maiúsculo.
O livro tem uma história leve e gostosa de ler. É aquele tipo de livro essencial quando você precisa de uma leitura do gênero. Mostra o auto descobrimento da Brooke, o seu crescimento e o modo como ela vai lidar com os inesperados acontecimentos que surgem em seu caminho.




Espero que tenham gostado da resenha!
Beijos
Carol

10 comentários:

  1. acho que faltou alguma coisa... ou não:


    "É aquele tipo de livro essencial quando você precisa de uma leitura do gênero. Mostra o auto descobrimento da Brooke, o seu crescimento e o modo como ela vai lidar com os inesperados acontecimentos que surgem em

    '-'

    mas vou dar a minha oopnião sobre esse livro: não sei não consegui engoli-lo kkk, não sei se é devido ao fato de que a editora não fez um marketing, ou a capa que não curti, a sinopse, ou o fato de achar muito cliche a sinopse kkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carolina Durães14/08/2012 15:59

      Oi Priscila, tudo bem?
      Faltou um trechinho sim.. rs... acho que o Alef comeu a minha resenha...
      Beijos

      Excluir
    2. Carolina Durães15/08/2012 06:42

      O pedacinho que faltou: "O livro tem uma história leve e gostosa de ler. É aquele tipo de livro essencial quando você precisa de uma leitura do gênero. Mostra o auto descobrimento da Brooke, o seu crescimento e o modo como ela vai lidar com os inesperados acontecimentos que surgem em seu caminho."

      Excluir
  2. Gostei da resenha, Alef! É sempre bom conhecer mais sobre cada livro!
    Esse em especial não chamou muito a minha atenção, por enquanto. Parece ser legal, mas no momento não me empolguei em lê-lo, sei lá... Pode ser que mais tarde algo se acenda! rsrs
    Parabéns! Como sempre uma resenha muito bem escrita!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carolina Durães14/08/2012 16:00

      Obrigada Alane!!!
      Beijos

      Excluir
  3. Não pude deixar de rir com a sua resenha! ahsuhauhsa Adoro opiniões definidas que que não deixam de ter uma pitada de humor, muito bacana!
    quero bastante ler "Bem mais perto", só que tenho quase certeza que vou me irritar bastante com a Brooke. Realmente essa perseguição é um sinal de imaturidade, não só com I maiúsculo, mas em caps lock" haha

    Pfvr, segunda resenha que fala de um segredo, não agueeento de curiosidade! >_<
    @jana_keanuloka

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carolina Durães20/08/2012 17:52

      Janaína, que bom que gostou da resenha. Sobre o segredo, eu não tenho culpa que os autores insistem em colocar "segredos" nos livros rsrs... se eu contar, estraga um pouco a história e eu não acho justo...
      Mas acredito que você vai gostar da leitura!
      Beijos

      Excluir
  4. Eu, no começo, me interessei um pouco pelo livro. Mas, ao ler a sinopse, decidi não lê-lo. Talvez mais tarde! No momento estou tentando evitar um pouco livros clichês e procurando ler mais livros que eu sei que provavelmente irão me surpreender. Então, ele vai pra minha enoooooooorme lista de "Vou ler futuramente".
    Apesar disso, gostei da resenha. Acho que, realmente é uma coisa bem imatura mudar de cidade por causa de um garoto!!!

    Beijokas

    Karol Araújo
    http://fa-clube-angels.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carolina Durães12/11/2012 20:30

      Oi Karol, tudo bem?
      Se você está fugindo dos clichês, é melhor deixar essa leitura mais para frente mesmo.
      Obrigada pelo comentário.
      Beijos

      Excluir

Ficamos muito felizes quando você comenta e nos faz saber no que erramos e acertamos. Comente! Isso é muito importante.

 
| Floreios e Borrões | Copyright © 2014 | Código by Ipietoon | Design Marcelle Dantas |