25 julho 2012

Resenha: A Filha da Minha Mãe e Eu - Mesmo quem nos ama às vezes não consegue ver quem realmente somos - Maria Fernanda Guerreiro




Sinopse - A Filha da Minha Mãe e Eu - Mesmo quem nos ama às vezes não consegue ver quem realmente somos - Maria Fernanda Guerreiro
Sensível e tão real a ponto de fazer você se sentir parte da família, A filha da minha mãe e eu conta a história do difícil relacionamento entre Helena e sua filha, Mariana. A história começa quando Mariana descobre que está grávida e se dá conta de que, antes de se tornar mãe, é preciso rever seu papel como filha, tentar compreender o de Helena e, principalmente, perdoar a ambas. Inicia-se, então, uma revisão do passado – processo doloroso, mas imensamente revelador; pautado por situações comoventes, personagens complexos e pequenas verdades que contêm a história de cada um. 





Minha opinião – Achei que o livro possui um grande apelo emocional. O livro vai relatar a relação de mãe e filha sobre a visão da Mariana (filha). A relação é narrada desde a infância de Mariana, até a sua vida adulta. Helena é uma mãe severa com a filha, mas que muitas vezes protege o filho, e isso causa certa resignação em Mariana. Acontecem diversos outros eventos no decorrer das décadas, que acaba criando um abismo entre mãe e filha. Helena não é uma mãe muito carinhosa, acredita na criação da filha com “mão de ferro” e muitas vezes; age de forma irracional.  Antes de saírem correndo para ficar do lado de Mariana, leiam o livro. É importante entender o porque Helena age dessa maneira, entender os seus traumas de criança e de até mesmo de adulta. O livro retrata temas fortes como pedofilia e abuso de drogas, entre outros. Mas acima de tudo, demonstra como a visão do mundo se modifica ao se tornar mãe.

Espero que tenham gostado da resenha!

Beijos

16 comentários:

  1. Gostei muito da resenha, Alef! Parece ser um livro interessante. Temas que abordam a relação entre mãe e filhos têm sempre algo a ensinar.
    Beijos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carolina Durães25/07/2012 16:34

      Oi Alane, tudo bem? Sim, livros que abordam esse tema sempre tem algo a ensinar. O que eu aprendi lendo esse livro? Nem tudo é o que parece.
      Obrigada pelo comentário!
      Beijos

      Excluir
  2. gostei da resenha, estava com um dedinho de vontade de ler esse livro, e a resenha nos deixa com uma pitadiha de curiosidade do porque a Helena age assim, é um livro que tem um tema muito diferente, algo como "o mundo dá voltas" hoje você é a filha mas amanhã pode ser a mãe =)
    Parabéns pela resenha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carolina Durães26/07/2012 07:49

      Bom dia Priscila, tudo bem? Que bom que gostou da resenha... Minha intenção foi exatamente essa... deixar claro que tem algo mais no jeito da Helena, mas sem contar rs..
      Fico feliz que tenha gostado da resenha!
      Beijos

      Excluir
    2. bem e você? gostei simm, gosto de resenhas assim, sem contar muito do livro porem com a pitadinha de curiosidade

      Excluir
  3. Nossa eu to muito ansiosa pra ler esse livro!!eu tenho ele mas ainda não consegui ler,ah meu deus você não ajudou muito,fez a vontade aumentar!!kkkkkk òtima resenha,gostei mucho :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carolina Durães27/07/2012 17:56

      Oi Ayune, tudo bem?
      A idéia era realmente aguçar a curiosidade rs... sem contar nada... é mais difícil do que parece fazer isso rs..
      Mas leia o livro!
      Beijos

      Excluir
  4. Parabéns pela resenha, já li o livro e super indico é realmente muito bom a resenha esta boa, não conta demais e ao mesmo tempo conta o suficiente pra deixar uma pessoa que realmente gosta de boas historias louca pra ler....
    bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carolina Durães27/07/2012 17:57

      Oi Bruna tudo bem?
      Que bom que gostou do livro e da resenha, fico feliz!!
      Beijos

      Excluir
  5. Oie,
    Estou bem curiosa para conhecer esse livro, e em breve irei lê-lo. E realmente quando vemos uma situação dessa numa família, sempre temos que conhecer os dois lados para saber o que motivou os acontecimentos. Bela escolha de palavras, adorei.....beijoaks elis

    http://amagiareal.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carolina Durães27/07/2012 17:59

      Oi Elisandra, tudo bem?
      Pois é, o legal desse tipo de livro é que você começa a ler pensando algo, mas ao decorrer da história, você entende as situações!
      Obrigada, fico feliz que tenha gostado da resenha!
      Beijos

      Excluir
  6. Ah, a capa ta linda , e gosta de as vezes ler estes tipos de livro que contam um pouco o que acontece em vidas reais, e se não me engano é de uma escritora brasileira né ? quem sabe um dia eu vá ler este livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carolina Durães28/07/2012 07:02

      Bom dia Zayron, tudo bem?
      É uma autora nacional sim! A capa realmente está linda, e a história foi muito bem delineada!
      Beijos

      Excluir
  7. Este é um dos livros que se encontram na minha estante do Skoob (embora eu não tenha problemas com minha mãe, somos melhores amigas também *-*).
    Sua resenha está ótima!Abordou os temas principais do livro, sem contar mais do que deveria. Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carolina Durães01/08/2012 14:05

      Obrigada Patricia!!
      Fico feliz que tenha gostado da resenha!
      Beijos

      Excluir
  8. Engraçado, essa capa me dizia outra coisa... Pensei que falaria sim, sobre os problemas entre mãe e filha, mas estou aqui me perguntando onde os assuntos pedofilia e abuso de drogas vão entrar na história. Oo Tô sentindo que vou ficar meio de queixo caído com isso tudo... Esperando meu livro chegar pra ver como é que vai ser.

    Sua resenha ficou bem limpa e enxuta, gostei. ^-^

    ResponderExcluir

Ficamos muito felizes quando você comenta e nos faz saber no que erramos e acertamos. Comente! Isso é muito importante.

 
| Floreios e Borrões | Copyright © 2014 | Código by Ipietoon | Design Marcelle Dantas |