09 abril 2012

Resenha: "Estilhaça-me" - by Tahereh Mafi - Novo Conceito 2.012


Juliette nunca se sentiu como uma pessoa normal. Nunca foi como as outras meninas de sua idade. O motivo: ela não podia tocar ninguém. Seu toque era capaz de ferir e até matar.
Durante anos, Juliette feriu e, segundo seus pais, arruinou o que estava à sua volta com um simples toque, o que a levou a ser presa numa cela.

Todo dia era escuro e igual para Juliette até a chegada de um companheiro de cela, Adam. Dentro do cubículo escuro, Juliette não tinha notícias do mundo lá fora. Adam ia atualizando-a de tudo.

Juliette não entendeu bem o que estava acontecendo quando foi retirada daquela cela e supostamente libertada, ao lado de Adam, e se vê em uma encruzilhada, com a possibilidade de retomar sua vida, mas por caminhos tortuosos e totalmente desconhecidos.

"Estilhaça-me" é um romance fantástico, que intriga, angustia e prende o leitor até a última página com uma história surreal que mistura amor, medo, aventura e mistério e traz um desfecho surpreendente.


" Com uma narrativa detalhada e personagens marcantes Tahereh Mafi nos faz apaixonar-se por sua escrita"

Estilhaça-me é o livro de estreia desta talentosa escritora norte-americana e faz parte de uma trilogia que promete muitas surpresas e que tem tudo para se tornar best seller.

Juliette ficou presa durante 264 dias, ela nunca esperava que sua vida pudesse mudar de alguma forma.
O motivo que a mentém aprisionada é seu toque (Meu toque é letal  Meu toque é poder) ela pode matar com um simples toque.

Nada parecia mudar até a chegada de Adan, quando ele é jogado na mesma cela que Juliette você tem uma impressão não tão boa dele mas, com o passar do tempo, ele se mostra uma pessoa totalmente diferente.

Em "Estilhaça-me" o que restou do mundo é controlado pelo Restabelecimento, uma organização que aparantemente quer "ajudar" a população sobrevivente.

" Eles são os asseclas do Restabelecimento. A iniciativa que supostamente deveria ajudar nossa sociedade agonizante. As mesmas pessoas que me arrancaram da casa de meus pais e me trancafiaram em um porão por causa de algo que me fugia do controle. Ninguém se importa com o fato de que eu não sabia do que era capaz. De que eu não sabia o que estava fazendo"  

Warner, nosso querido antagonista, é o responsável por um dos setores do Restabelecimento, o setor 45, e vê Juliette como uma arma útil.

Quando Adan e Juliette são aparantemente libertos a história começa a fluir. Não só os personagens centrais, mas também os secundários, são muito bem escritos, tem horas que você vai realmente acreditar nas mentiras de Warner, elas são muito convincentes.

O livro não tem muita ação, mas se você gosta de romance "Estilhaça-me" é uma boa pedida

" Mas suas mãos tornaram-se braços em volta da minha cintura seus lábios tornaram-se um rosto pressionado ao meu rosto e seu corpo é vigoroso contra o meu, sua pele me tocando me tocando me tocando e ele não está gritando ele não está morrendo ele não está fugindo de mim e eu estou chorando  estou sufocando  estou tremendo estremecendo estilhaçando-me em lágrimas  e ele está me segurando de um modo que nunca ninguém me segurou."   

Como várias resenhas citaram a história tem realmente uma pegada meio X-Men, mas isso acontece lá para o penúltimo capítulo, parece que a autora não se esforçou muito para tirar esse impressão de cópia (eu não achei que seja copiado, até porque esse livro é muito melhor que X-Men) mas "Estilhaça-me" é uma história muito diferente e ao longo da leitura você vai ver que não é só o toque de Juliette que pode matar.

Eu gostei muito, pena que a continuação da trilogia só sai nos Estados Unidos no dia 5 de fevereiro de 2013.

Agora só nos resta saber quando a Novo Conceito vai publicá-lo por aqui, acredito eu, que no início de 2014 nós estaremos com Unravel-me (Desvenda-me) em mãos.
Altamente...recomendado

Compre agora: Submarino|Americanas|Saraiva

8 comentários:

  1. Tipo, eu quero muitooo ler esse livro, porque todo mundo fala tão bem dele ^^
    Além do mais creio que deve ter sido difícil escrever esse livro, já que a protagonista sofre bastante desespero e até um desiquilíbrio de sanidade, e isso não é fácil de descrever, são muitos sentimentos embaralhados e somente uma boa escritora pode relatar tudo isso tão bem.
    Só não entendo direito a parte em que dizem que todos os personagens são uma parte da personalidade dela...
    Só lendo para entender mesmo, espero conseguir esse livro o quanto antes possível.
    Ótima resenha.
    Tchauzinho ^^

    ResponderExcluir
  2. Ótima a resenha. Sem ainda ter lido, já amei esse livro, o título, a capa, e agora a história, esse conjunto todo conseguiu chamar tanto a minha atenção que não vou sossegar até conseguir ler. Está de parabéns Alef, novamente ótima a resenha.
    Bjus :* ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado, o livro realmente é muito bom. Eu super recomendo!
      Obrigado pelo comentário.

      Excluir
  3. Amei a resenha, de verdade.
    A trilogia tem tudo para ser um sucesso, e estou louca pra ler o segundo.
    Agora ficou muito claro que é meio x-men, acho que ela não quis fazer uma cópia mas como vc disse não tirou essa impressão.

    Ps: Nosso evento será um sucesso HAHAHAH

    bEIJOS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, será um grande sucesso, passei lá no seu blog, parabéns está muto bonito!

      Excluir
  4. Resenha maravilhosa, Alef!! Quero muito ler esse livro, todos elogiam. Quando a gente tem vontade e depois vê que alguém nos recomenda da maneira que você recomendou, esse desejo se torna irresistível!! Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, você precisa ler esse livro, minha melhor leitura de 2012 até agora!

      Excluir

Ficamos muito felizes quando você comenta e nos faz saber no que erramos e acertamos. Comente! Isso é muito importante.

 
| Floreios e Borrões | Copyright © 2014 | Código by Ipietoon | Design Marcelle Dantas |